Projetos de Extensão


UNEF Social

Formar profissionais não é tarefa simples, e por essa razão, deve levar em conta numerosos aspectos que repercutirão na vida cotidiana das pessoas. Pensando nisso, a UNEF, permanentemente, coloca à disposição da comunidade um conjunto de ações que promovem a qualidade de vida da população, contribuem para a garantia de direitos e aproximam estudantes, professores e pessoas que vivem e se relacionam com a UNEF.

Todos os cursos desenvolvem ações permanentes no campus central e se deslocam para as comunidades atendidas pela UNEF. Dessa forma, nossos alunos constroem o senso de responsabilidade social e pertencimento ao lugar em que vivem. Veja um pouco mais abaixo.

PROJETO DE DESCARTE DE MEDICAMENTOS

Medicamentos vencidos ou não utilizados oferecem riscos ambientais e a saúde pública quando descartados inadequadamente no lixo comum, vaso sanitário ou pia. A coleta dos mesmos em locais próprios propõe restituir ao setor empresarial resíduos de remédios para destinação final ambientalmente segura. A discussão sobre os riscos dos descartes impróprios de medicamentos vencidos, bem como, apresentar os recentes avanços em relação ao processo de descartes. Por ser um assunto pouco familiar para a população em geral, deve haver uma preocupação das autoridades sanitárias sobre a comunicação dos riscos bem como prover informações quanto às normas e sobre logística reversa que pode dar suporte ao descarte correto dos remédios vencidos. Assim, os alunos do Curso de Farmácia da UNEF propõem o
Projeto de descarte de medicamentos para destinação final segura.

Projeto SACI

O Projeto Saúde, Arte e Cultura Itinerante promove ações em bairros de Feira de Santana. O Projeto abraça os cursos de Odontologia, Biomedicina e Enfermagem que atuam em ações sociais periódicas que objetivam promover assistência multidisciplinar em saúde.

UNEF Sustentável

O presente Projeto tem a finalidade de disseminar, entre os alunos, conhecimento de algumas ferramentas de análise ambiental dos processos produtivos, como também a realização de atividades práticas, saindo do ambiente de sala de aula. Além disso, minimizar os impactos ambientais provocados pela atividade acadêmica também melhora a imagem da IES junto a sociedade, justificando, do ponto de vista da sustentabilidade institucional, a implementação do projeto.